50 Anos Instituto de Geociências – UFRJ
Ismar de Souza Carvalho
Diretor do Igeo

Uma Instituição universitária é construída pela participação e pelos anseios coletivos. Seu crescimento é produto de empenho e esforço de muitos. Floresce a partir da determinação de seus membros em valorizar o conhecimento acadêmico e aplicá-lo nas transformações sociais. Frutifica, quando há a percepção da pluralidade de interesses, do reconhecimento dos valores e esforços individuais. Assim é o Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro, uma instituição que vem sendo construída nos últimos 50 anos pela participação e determinação de servidores públicos, discentes e colaboradores de diversas áreas do conhecimento. Uma instituição que floresce e frutifica ao ampliar e descentralizar suas ações em todas as regiões do país.

Ao contrário da tônica dominante do conformismo, do individualismo, da cultura da falta de solidariedade, temos resistido. Uma resistência muitas vezes silenciosa, outras nem tanto, à visão reducionista e limitada do que são as geociências. Entretanto, o projeto maior de nossa instituição e de seus membros não está condicionado às vantagens circunstanciais e momentâneas, o que possibilita de maneira concreta o avanço do conhecimento científico, das ações educacionais e da difusão da ciência à comunidade.

Nossas atividades educacionais, a nível da graduação e pós-graduação, enfatizam a emoção da descoberta, a percepção do novo, e a efervescência intelectual. Ensinamos a partilhar experiências, conhecimentos e ideais, possibilitando assim que se aprenda a congregar, participar e transformar. A formação em nossos cursos está voltada para o desenvolvimento do pensamento crítico e da capacidade de observação e indagação, considerando que os estudos geográficos, geológicos e meteorológicos fornecem bases indispensáveis para o entendimento da dinâmica da Terra, das sociedades e de suas relações e, assim, devem ser contemplados nas avaliações sobre questões ambientais, econômicas e antropológicas, bem como na própria reflexão crítica da atividade humana no planeta e sua sustentabilidade.

É importante também ressaltar as ações que temos realizado na pesquisa, a qual abarca temas variados em questões sociais, culturais, econômicas e de interesse aplicado à indústria. Colaboramos assim de forma expressiva para o entendimento de alguns grandes temas da atualidade, como a gestão territorial, os movimentos sociais, as mudanças climáticas, fontes tradicionais e alternativas de energia, recursos naturais e a geoconservação.

Na relação com as comunidades o trabalho de difusão do conhecimento produzido em nossa unidade tem sido realizado de diferentes formas, desde ações induzidas em escolas da rede pública e privada, o resgate de aspectos de culturas tradicionais e o contato direto com a população, atendendo as demandas de informações técnicas.

O Instituto de Geociências tem buscado ampliar a qualidade de ensino, as inovações em pesquisa acadêmica e o fortalecimento dos mecanismos e espaços de extensão. Estes têm enorme potencial de integração na graduação e pós-graduação, viabilizando a demonstração pública da relevância e aplicação dos dados gerados em nossa Universidade.

Nosso Instituto, em seus 50 anos, ainda acredita nas utopias, num ato de partilhar experiências, e continuamente nos emocionar com a descoberta de uma Universidade rica e dinâmica. Todas as atividades que foram realizadas desde nossa fundação estão sob a filosofia de integração e excelência no ensino, na pesquisa e na extensão, buscando de forma contínua a difusão da informação geocientífica, que possui enorme potencial transformador, mas ainda pouco conhecido por grande parte da sociedade.

Agradeço a presença de todos neste momento tão importante de nosso vida acadêmica. Esperamos que nossa efetiva inserção no trabalho de educação, pesquisa e difusão das Geociências auxilie tanto na construção de uma cidadania crítica como na democratização do conhecimento acadêmico,  engajado, desta forma, na transformação de nosso país.

Tags: #igeo, #ufrj, #geociencias, #histórico, #geografia, #geologia, #meteorologia, #educação